segunda-feira, 21 de março de 2016

Lula ganhou Ômega de R$ 170 mil de Federação Muçulmana

Entre os itens apreendidos no apartamento de Lula, a Polícia Federal encontrou documentos referentes a um veículo Ômega Fittipaldi 3.6 de R$ 170 mil e uma declaração de doação da Central Islâmica Brasileira de Alimentos Halal ao ex-presidente.
A Cibal-Halal é o braço operacional da Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras), que, em 22 de março de 2011, homenageou Lula com uma placa comemorativa.
Na ocasião, Lula criticou a ação militar da coalizão liderada por EUA, França e Grã-Bretanha contra o ditador líbio Muammar Khadafi.
Além de políticos como Miguel Jorge, Luiz Fernando Furlan, Fernando Haddad e Gilberto Kassab, participou da cerimônia Salim Taufic Schahin, dono do grupo Schahin preso pela Lava Jato pelo caso do navio-sonda Vitória 10.000.
A doação do veículo para Lula foi formalizada no dia seguinte, segundo instrumento particular também apreendido. Quem repassou o veículo zero km a Lula por meio da Cibal foi o empresário libanês Youssef Bassila Chataoui.
A Lava Jato quer saber se o Ômega foi pagamento por algum benefício concedido a Chataoui, à Cibal ou à Fambras quando o petista era presidente da República.

Nenhum comentário: