quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Juiz auxiliar de Teori vem a Curitiba para interrogar Odebrecht


Marcio SchieflerFábio Campana
O juiz auxiliar e braço direito do ministro Teori Zavascki, Márcio Schiefler Fontes, vem a Curitiba nesta sexta-feira para interrogar o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, que está detido na superintendência da Polícia Federal, no Santa Cândida.
A audiência deve ser rápida, no máximo vinte minutos, e é um procedimento padrão antes da Justiça homologar um acordo de delação premiada. As informações são de Tabata Viapiana, da CBN Curitiba.

O juiz fará poucas perguntas a Marcelo Odebrecht, mas a principal é se a colaboração foi firmada espontaneamente ou se ele foi coagido pelos procuradores.
A ideia é confirmar que o delator prestou os depoimentos por vontade própria. Com isso, a Justiça pode validar o acordo e as informações repassadas na colaboração podem ser usadas nas investigações. O horário da audiência não foi divulgado.
Apesar da morte de Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, em um acidente aéreo no dia 19, a presidente da corte, ministra Carmen Lúcia, determinou que os auxiliares do ministro dessem andamento ao processo de homologação das delações de 77 executivos da Odebrecht. Portanto, os juízes que trabalhavam com Teori já estão interrogando os colaboradores para confirmar a espontaneidade dos depoimentos.
Mas ainda não está definido quem vai homologar os acordos no lugar de Teori. Carmen Lúcia está consultando os demais ministros da corte, mas ainda não decidiu como será feito o sorteio do novo relator da Lava Jato no STF.
(foto: Câmara de Canoinhas)

Nenhum comentário: