sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Idoso é encontrado morto dentro de casa no Jd. Itatiaia, em Maringá


O motorista aposentado Jair de Melo, 64 anos, - também conhecido 'Jair Carreteiro' - foi encontrado morto na tarde desta sexta-feira (18) no interior de sua residência na Rua Alcedina Francisca Daut, Conjunto Itatiaia, em Maringá. Segundo a Polícia Civil, o idoso foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), o primeiro registrado este ano na cidade.
O corpo do idoso foi encontrado por volta das 13h30 pela filha dele, Cristina de Melo, 40 anos. No entanto, peritos da Polícia Científica, que estiveram na residência, disseram que crime ocorreu no início da tarde de quinta-feira (17). A vítima estava caída no corredor do imóvel com os pés e as mãos amarrados com tecidos e um lençol ao redor do pescoço. Ao lado do corpo havia um cinto.
De acordo com a polícia, todos os cômodos da casa estavam revirados e a presença de objetos e aparelhos eletrônicos amontados em um dos cantos da sala reforça a hipótese de latrocínio.
Os investigadores acreditam que os criminosos pretendiam usar o carro da vítima - um Astra Sedan de cor branca - para transportar os objetos roubados, mas teriam desistindo depois que o alarme disparou.
No porta-malas do Astra, que estava na garagem, os moradores encontraram vários produtos de limpeza e higiene pessoal, roupas de cama e banho, e até mesmo produtos alimentícios retirados da geladeira.
Apesar da suspeita de roubo, não haviam sinais de arrombamentos em portas ou janelas. A residência era protegida por cerca e portão elétricos o que leva a Polícia Civil a acreditar que o criminoso era conhecido da vítima.
Vizinhos contaram à reportagem que Melo era um senhor simpático e tinha o hábito de reunir amigos e mulheres em sua casa para festas que se estendiam até a madrugada. Ele também costumava presentear a criançada da vizinhança com dinheiro.
Cristina disse que costumava visitar o pai praticamente todos os dias, porém ontem não esteve com ele porque estava atarefada com os preparativos para a viagem que faria. No início da tarde de hoje, após ter um mau pressentimento, ela foi até a casa e encontrou o idoso morto.
A causa da morte do idoso só será conhecida após a necrópsia no corpo realizada no Instituto Médico-Legal (IML). A suspeita é que o idoso tenha sido morto por asfixia mecânica ou ainda que tenha sofrido um ataque, já que a vítima sofria de Diabetes.O Diario

Um comentário:

leandro maringa disse...

q covardia, tem q pegar um filho d uma p.... desse e cortar dedo por dedo ate morrer, e ainda o direito humano defende um vagabundo desse é pra acabar né