sábado, 17 de novembro de 2012

Casal de Maringá morre em acidente com caminhão na PR-577


Foto maringá Manchete
Um casal de Maringá morreu na tarde de sexta-feira (16), em um acidente de trânsito na PR-577, no trecho que liga o Porto São José ao entroncamento com a BR-376, no trevo de acesso a Nova Londrina (a 147km de Maringá).O condutor Walney Antônio Godoy dos Santos, 45 anos, e a esposa Claudimara Sandri Godoy dos Santos, 40 anos, estavam no Renault Scenic (placas de Maringá) que foi atingido por um caminhão Scania (placas de Arapongas) no km 8+200 da rodovia. Os dois morreram no local.
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o choque ocorreu no momento em que Santos fazia uma conversão com o Renault Scenic para acessar a rodovia após deixar uma estrada rural.
Os corpos foram levados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Paranavaí. O velório do casal está sendo realizado na capela do Prever de Maringá. O sepultamento deve ocorrer neste sábado (17), em horário ainda não determinado.O Diario

2 comentários:

Danny Bueno - Gazeta de Rondônia disse...

Meus primos, não cheguei a conhecer sua esposa pois há muitos anos estávamos afastados pela vida (Por isso presto meus sentimentos a sua família)… Uma parte do meu coração e da minha infância morre hoje com o Walney, meu primo do coração, daqueles que a gente nunca vai esquecer… das caçadas de estilingues no sítio ou espingardinha de pressão (quando isso não era proibido), das conversas na madrugada onvindo as Fms de Maringá, das primeiras promessas de namoro, das brincadeiras de rua, ….Era o meu protetor e grande Amigo…Corajoso e briguento como ninguém, muitas vezes me defendeu e me ensinou a enfrentar vários medos quando menino… De um coração que não cabia dentro de si esteve sempre ao meu lado durante a separação dos meus pais, na verdade foi sempre um conselheiro que Deus designou naquela hora… Meu coração está arrasado, estendo meu consolo as minhas amadas primas, Tânia Mara Godoy dos Santos e Eliana Cláudia Godoy dos Santos, bem como ao meu tio Valdir dos Santos que nessa hora de intensa dor devem buscar lembrar apenas das coisas mais puras e verdadeiras que tivemos o privilégio de receber do Walney, …lamento muito não poder estar ai e lamento mais ainda não poder ter me perdoado com ele ainda em vida, pois há mais de 15 anos não nos víamos e em nossa ultima conversa tivemos um desentendimento… (coisa de primos) mas, mesmo assim sempre desejei em meu coração que no dia em voltasse à Maringá daria um grande abraço e esqueceríamos tudo como bons irmãos… Vai meu irmãozinho, que Deus te prepare um lugar especial ao lado da sua esposa que escolhestes nessa vida e que um dia possamos sentar todos na mesa do nosso salvador Jesus Cristo.

Danny Bueno - Gazeta de Rondônia disse...

Meus primos, não cheguei a conhecer sua esposa pois há muitos anos estávamos afastados pela vida (Por isso presto meus sentimentos a sua família)… Uma parte do meu coração e da minha infância morre hoje com o Walney, meu primo do coração, daqueles que a gente nunca vai esquecer… das caçadas de estilingues no sítio ou espingardinha de pressão (quando isso não era proibido), das conversas na madrugada onvindo as Fms de Maringá, das primeiras promessas de namoro, das brincadeiras de rua, ….Era o meu protetor e grande Amigo…Corajoso e briguento como ninguém, muitas vezes me defendeu e me ensinou a enfrentar vários medos quando menino… De um coração que não cabia dentro de si esteve sempre ao meu lado durante a separação dos meus pais, na verdade foi sempre um conselheiro que Deus designou naquela hora… Meu coração está arrasado, estendo meu consolo as minhas amadas primas, Tânia Mara Godoy dos Santos e Eliana Cláudia Godoy dos Santos, bem como ao meu tio Valdir dos Santos que nessa hora de intensa dor devem buscar lembrar apenas das coisas mais puras e verdadeiras que tivemos o privilégio de receber do Walney, …lamento muito não poder estar ai e lamento mais ainda não poder ter me perdoado com ele ainda em vida, pois há mais de 15 anos não nos víamos e em nossa ultima conversa tivemos um desentendimento… (coisa de primos) mas, mesmo assim sempre desejei em meu coração que no dia em voltasse à Maringá daria um grande abraço e esqueceríamos tudo como bons irmãos… Vai meu irmãozinho, que Deus te prepare um lugar especial ao lado da sua esposa que escolhestes nessa vida e que um dia possamos sentar todos na mesa do nosso salvador Jesus Cristo.